Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

A centralidade de Cristo

Baseado no primeiro capítulo do livro "Manifesto Jesus, restaurando a supremacia e soberania de Jesus Cristo" de Leonard Sweet e Frank Viola.

Consequencias do Pecado Original e a Redenção em Cristo (Gn 3)

Consequências do Pecado Original e a Redenção em Cristo (Gênesis 3)
Por Bispo Ildo Mello
Por que há tanta maldade, injustiça e desgraça no mundo? Qual é a causa de tanta angustia, sofrimento e miséria? O capítulo 3 de Gênesis nos ajuda a entender o drama atual, pois descreve o pecado original e suas terríveis conseqüências para toda a criação. Deus criou o homem à sua imagem e semelhança, mas o homem pecou e decaiu deste estado de retidão e gerou filhos à sua imagem e semelhança, agora maculada pelo pecado. Portanto, nascemos com a imagem de Deus corrompida em nós, como verdadeiros escravos do pecado, em um estado de rebelião contra Deus, que trouxe alienação, vergonha, culpa, medo e morte física, espiritual e eterna. Mas, o mesmo texto também diz que Deus foi ao encontro do homem não apenas em juízo, mas também em misericórdia, cobrindo a vergonha e profetizando a redenção!
Consequências do pecado
Satanás promete vida, divinização, poder e glória através do pecado (Gn 3.4,5), mas o pec…

A Minha graça te basta!

O que Jesus quis dizer com a frase: "os filhos do mundo são mais hábeis na sua própria geração do que os filhos da luz"?

O que Jesus quis dizer com a frase: "os filhos do mundo são mais hábeis na sua própria geração do que os filhos da luz"? (Lc 16.8b).

Com esta frase Jesus conclui a parábola do administrador infiel (Lc 16.1-8). Uma parábola costuma possuir apenas uma lição central, não contendo, portanto, uma lição em cada detalhe. O elogio do Senhor se restringe a atitude precavida do administrador em cuidar de seu futuro e não ao seu ato ilícito. Os filhos deste mundo revelam mais preocupação e habilidade em cuidar do seu bem-estar terreno do que os filhos da luz em cuidar dos assuntos eternos, agindo neste mundo de modo a acumular tesouros nos céus.